O que é o Sesc


O Serviço Social do Comércio é um dos maiores programas de desenvolvimento social do mundo.

Criar oportunidades para que pessoas desenvolvam todo o seu potencial, por meio do acesso à cultura, educação, saúde, lazer e assistência é o que o Sesc faz diariamente, em todo o país, ao longo de mais de sete décadas. São mais de 580 unidades dedicadas a oferecer serviços e ações que melhoram a qualidade de vida dos brasileiros, em especial dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo.

Fundação

A instituição foi fundada no dia 13 de setembro de 1946, a partir da iniciativa de empresários do setor de Comércio, Bens, Serviços e organizações sindicais. Surgiu com o compromisso de colaborar com o cenário social, por meio de ações que proporcionassem melhores condições de vida a seus empregados e familiares e o desenvolvimento das comunidades onde vivem. O Sesc segue os princípios traçados pela Carta da Paz Social, documento que marca a fundação da instituição.

Missão

Promover ações socioeducativas que contribuam para o bem-estar social e a qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, de seus familiares e da comunidade, para uma sociedade justa e democrática.

Visão

Ampliar o reconhecimento do Sesc pela sociedade, como instituição inovadora e propositiva na promoção de ações para o desenvolvimento humano e social. 

Valores

Transparência

Atuação íntegra com respeito às pessoas, à diversidade e à legislação, nas atitudes, na utilização dos recursos e na comunicação institucional.

Excelência

Desenvolvimento e aperfeiçoamento de processos e métodos de trabalho, nas atividades e serviços, tendo como referência os princípios e práticas que fortaleçam a identidade institucional.

Atuação em rede

Fortalecimento do pensamento sistêmico e da identidade institucional, respeitando a diversidade regional.

Ação educativa transformadora

Contribuição para o desenvolvimento do ser humano, visando a melhor compreensão de si mesmo, das suas potencialidades, do contexto em que vive, de sua capacidade de realizar escolhas e de colaborar para a coletividade.

Sustentabilidade

Incorporação de práticas sustentáveis, transversais e integradas, às ações institucionais.

Acolhimento

Adoção de atitudes e condições para materializar o adequado acesso e permanência dos diversos públicos, considerando aspectos socioeconômicos, estruturais e culturais.

Respeito à diversidade

Tratamento digno para todos, na promoção da acessibilidade, da inclusão sociocultural e recusa a qualquer forma discriminatória.

Protagonismo

Referência na idealização e execução de ações socioeducativas para o cumprimento de suas finalidades.

Inovação

Promoção de um ambiente favorável à criação e experimentação de novas ideias e iniciativas que propiciem o aperfeiçoamento e/ou mudanças estruturais, contribuindo para o reconhecimento da instituição.