Sesc Saúde Mulher: Sobre ansiedade e prevenção

A ansiedade é um sentimento vago e desagradável de medo, apreensão, caracterizado por tensão ou desconforto derivado de antecipação de perigo, de algo desconhecido ou estranho.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 264 milhões de indivíduos vivem com transtornos de ansiedade no planeta. No Brasil, eles atingem 9,3% da população, o que faz do nosso país o líder no ranking.

Quais os sintomas da ansiedade?

A ansiedade apresenta-se em diferentes sintomas, que podem ser divididos em 4 grupos para melhor observação e entendimento:

  • Sintomas físicos:  coração acelerado ou taquicardia, aumento da frequência respiratória ou falta de ar, sudorese (suor), tensão muscular, dor de cabeça.
  • Sintomas comportamentais: irritabilidade, impulsividade, agressividade, ritmo de fala acelerado, gesticulações exacerbadas.
  • Sintomas cognitivos: problemas de concentração e de memória, excesso de preocupação, dificuldade de tomada de decisão, problemas para dormir ou na qualidade do sono (insônia).
  • Sintomas emocionais: sentimento de incapacidade, paralisação, tristeza, nervosismo, pensamento de tragédia iminente.

O que pode causar ansiedade?

Cada pessoa possui uma forma de enxergar e lidar com o mundo. Do mesmo modo, existem coisas que causam maior preocupação em algumas pessoas do que em outras. Por isso, a causa da ansiedade pode ser diferente de pessoa para pessoa.

A ansiedade é considerada o mal do século e está cada vez mais comum entre as pessoas, por isso, é importante procurar um profissional especializado na área de saúde mental (um psicólogo ou psiquiatra).

Atitudes que ajudam a combater a ansiedade

Faça uma lista das suas tarefas

Organizar o pensamento em uma lista de afazeres e prioridades pode ser um bom exercício. 

Envolva-se em atividades sociais

O contato social tem, comprovadamente, um impacto importante no controle da ansiedade. 

Integre sua mente com seu corpo

Atividades físicas, meditação, yoga, pilates, ajuda a controlar a ansiedade.

Valorize cada hora do seu sono

Um sono de qualidade tem um papel importante na saúde física e mental, ajudando, inclusive, no próprio controle da ansiedade.

“Revise suas rotas, refaça seus caminhos, gerencie seus pensamentos, administre sua emoção”. Augusto Cury

Fique atento aos sintomas, mude seus hábitos e peça ajuda.

Fontes:

scielo.org

saúde.abril.com.br

psiquiatriapaulista.com.br