Sesc Paraíba participa de projeto nacional de combate a fome

Pesquisas mostram que a pandemia da COVID 19 vem contribuindo para o agravamento das desigualdades sociais no Brasil, com consequente impacto negativo na Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). Em resposta ao agravamento da fome no País, o Sesc busca proporcionar, gratuitamente, alimentação saudável a indivíduos que se encontram em situação de vulnerabilidade social e alimentar, através do projeto Ação Solidária Emergencial.

O Sesc Paraíba faz parte desta iniciativa que visa contribuir para o enfrentamento da fome, na distribuição de alimentação de qualidade nutricional. A ação tem início no mês de agosto e segue até dezembro de 2021. A logística de distribuição será feita com instituições cadastradas no programa Banco de Alimentos Mesa Brasil Sesc.

Ao todo serão distribuídas 100 sopas ao dia, e, cada dia, uma instituição pré-estabelecia será beneficiada, dentre as contempladas: Ass. Beneficente São José; Ass. Nordestina Pró-Vida; Ass. Shallon; Associação Leão de Judá; Comunidade Luz; Casa da Paz Maria de Nazaré; Centro Espírita Olhar de Maria; Fundação São Padre Pio de Pietrelcina; Instituto São José e Primeira Igreja Congregacional Projeto Sementes do Amanhã. As instituições serão divididas em dois grupos, com cinco integrantes por semana.

Banco de Alimentos Mesa Brasil Sesc

O Mesa Brasil Sesc é uma Rede nacional de Bancos de Alimentos que atua contra a fome e o desperdício. É formada por mais de 3.000 parceiros doadores (produtores rurais, atacadistas e varejistas, centrais de distribuição e abastecimento e indústrias de alimentos, além de empresas de diversos ramos de atividade), que doam seus excedentes de produção, alimentos fora dos padrões de comercialização, mas em condições seguras, próprios para o consumo. Recursos financeiros, serviços de logística e ação voluntária também agregam nesse Programa de solidariedade.

Na Paraíba, o projeto já possui mais de 20 anos de atuação em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras. O projeto busca diminuir o desperdício dos alimentos e melhorar a qualidade das refeições de quem mais precisa em hospitais, creches, ONGs, asilos e associações comunitárias.