Idosos comemoram São João Virtual com o Sesc

Os idosos integrantes dos grupos de trabalho social desenvolvido pelo Sesc nas cidades de Campina Grande e João Pessoa comemoram o São João este ano de um jeito diferente. Devido às restrições impostas pela pandemia decorrente da Covid-19, a festa junina desta vez será virtual, por meio de uma live que acontece nesta sexta-feira, 18, a partir das 14h. Assistirão a este momento mais de 150 idosos que integram os cinco grupos mantidos pelo Sesc nas duas cidades. A live é aberta a quaisquer interessados, e será transmitida no canal do Sesc Paraíba no YouTube.

Quem comanda o arrastapé é o trio de forró pé-de-serra, que ao som da zabumba, triângulo e sanfona, colocam os idosos para dançarem em suas casas com muito forró, xaxado, baião, ciranda e outros ritmos regionais. A programação conta ainda com a apresentação do grupo Mulheres do Cangaço, formado pelas idosas do Sesc e que buscam a preservação da cultura regional, e do Grupo de Danças Folclóricas do Sesc Paraíba, que levarão a tradicional dança nordestina para os espectadores.

O ponto alto da tarde será a premiação das rainhas do milho, que participaram previamente de um concurso online. Cada idosa se vestiu a caráter e gravou um desfile em sua própria casa, e de forma virtual, os idosos dos outros grupos votaram nas ganhadoras, que serão coroadas na sexta-feira. Todos os momentos da programação, previamente gravados ou ao vivo, seguem de forma estrita os protocolos de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias.

O Trabalho Social com Idosos

O Sesc Paraíba foi pioneiro no trabalho voltado para a melhor idade, com ações voltadas não apenas para a recreação, mas sobretudo para a educação. Se antecipando ao Estatuto do Idoso, a instituição desde 1988 realiza o Trabalho Social com Idosos. Atualmente, 33 anos depois de sua criação, o TSI já conta com mais de 600 participantes em todo o estado. Desta forma, o Sesc afirma seu compromisso em ser um veículo de diálogo e promoção de políticas públicas que favoreçam grupos sociais com mais dificuldades às ações sociais.