Segunda, 06 Abril 2020 17:28

Como cuidar da sua saúde mental em situações de crise Destaque

Avalie este item
(2 votos)

Em tempos de pandemia de coronavírus, a orientação é de que a população fique em casa para evitar que o vírus continue se espalhando. Segundo a Organização Mundial da Saúde, esse isolamento e outros fatores, como a incerteza do momento, os riscos de contaminação e a mudança drástica do dia a dia podem causar sensações de depressão e ansiedade, prejudicando a saúde mental.

Como manter-se são

Como forma de lidar com esse tipo de situação, uns optam por consumir o máximo de informação sobre o coronavírus, numa tentativa de sentir-se mais preparado e atualizado possível. Outros organizam uma nova rotina, uma agenda com atividades diversas, como praticar atividade física, ler um livro e fazer um curso online.

Para o psicólogo Salatiel Diniz, algumas atitudes podem ser tomadas para o cuidado com a saúde mental. “Em tempos como esses, nada melhor que alimentar a mente com pensamentos positivos. Como por exemplo, eu sou especial, eu me amo, eu posso, eu quero, eu consigo. Evite ficar ouvindo por muito tempo notícias ruins ou se angustiando com pensamentos negativos”, afirmou o psicólogo.

Dicas para manter a mente saudável:

1. Proteja a si próprio e apoie os outros ajudando-os em seus momentos de necessidade. A assistência a outros em seu momento de carência ajuda tanto a quem recebe, como a quem oferece o auxílio. Um exemplo: telefone para seus vizinhos ou pessoas em sua comunidade que precisam de assistência extra. Atuar em comunidade pode ajudar a criar solidariedade e a enfrentar o COVID-19 em união.

2. Fique em contato e mantenha sua rede de amigos e conhecidos. Ainda que isolado, tente ao máximo manter sua rotina e crie novas. Se as autoridades de saúde recomendaram distância física para conter o surto, você pode manter a proximidade digital com e-mails, redes sociais, telefone e vídeoconferências.

3. Durante esse período de estresse, esteja atento a seus sentimentos e demandas internas. Envolva-se com atividades saudáveis e aproveite para relaxar. O exercício constante, o sono regular e uma dieta balanceada ajudam. Mantenha tudo em perspectiva.

4. Uma enxurrada constante de notícias sobre o surto pode levar qualquer um a desenvolver ansiedade e estresse.  Acompanhe notícias confiáveis e evite boatos e fake news que vão somente causar mais desconforto.

Fonte: Organização Mundial da Saúde

 

Ler 804 vezes Última modificação em Segunda, 20 Abril 2020 17:09
© 2016 Serviço Social do Comércio - Sesc PB. Todos os direitos reservados. Designed By JoomShaper